Festa infantil: Aniversário Arco-íris! Sem leite e com muito empreendedorismo materno!

Minha filha fez três anos no dia 31 e, mais do que nunca, decidimos comemorar. Já fizemos festa nos seus dois primeiros anos de vida: a do Sítio do Pica-pau Amarelo e a Festa do Faz de conta. Nesse ano, com objetivo de fazer algo bem descontraído e menos monocromático (digo, rosa), escolhemos fazer uma festa com o tema “Arco-íris”.
Nesse momento, a Manu já participou mais ativamente das decisões: brincadeiras, comidas, músicas… E, mesmo ela não tendo mais alergia à proteína do leite, o planejamento da festa ocorreu enquanto ainda o diagnóstico existia. Assim, todo o menu salgado e parte dos doces foram sem leite.

Com mais tempo de existência do Maternidade Sem Neura, também foi um momento em que busquei ter mães empreendedoras como parceiras! Alguns escambos, outras contratações e a certeza de que fiz excelentes escolhas. Trago aqui os detalhes da festa para inspirar outras famílias para esse momento! Ah… Estou fazendo propaganda de graça das pessoas que aqui trabalharam! Acho justo dar nome a quem faz o seu trabalho com qualidade e carinho!
Decoração:

Na mesa principal, fiz algo com objetos improvisados e bem coloridos: boleiras, caixinhas, garrafas, bandejas… Algumas peças, eu já tinha. Outras, comprei, mas com intenção de continuar usando aqui em casa. Muita dó e desperdício jogar fora a decoração.

A Ana Alice, da Nic Nat Scrap, produziu os cata-ventos, as tags para os bolinhos, os adesivos que enfeitaram as mesas e as lembrancinhas e os chapeuzinhos.

Parede de fundo e mesa também foram preenchidos com materiais de feltro: o próprio arco-íris com nuvem chuvosa e sol (parede) e árvore, boneca, raposa e flores (mesa) que estão virando brinquedos ou decoração no pós-festa. Esse trabalho foi da Nina e Mone. Detalhe merece ser dado para a boneca! Enviei foto da Manu para a vendedora e ela fez uma caricatura!

Nos demais espaços decorei com tsurus coloridos, feitos pela Migran Japan e que viraram lembrancinhas dos adultos. Também aproveitei flores vermelhas de pano e papel de festas passadas!

Nas mesas do convidado, usei toalhas de TNT com as cores do ardo-iris. Como iria servir um almoço, fiz um jogo americano com desenhos para serem coloridos pelas crianças (e pelos adultos). Aí, deixei um potinho com giz de cera em cada mesa. No centro, coloquei cata-ventos coloridos em garrafinhas com pedras coloridas.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Lembrancinhas:

Para combinar com o ambiente alegre, cada criança levou uma raquete de bolinhas de sabão… aquela que faz bolinhas bem grandes. Aqui também teve empreendedorismo materno da Tâmara Garkisch Festas Sustentáveis. De tão lindas que são, elas decoraram o ambiente também!

Comidas e bebidas:

Nesse ano, me rendi e contratei um serviço. Manu gosta de comida árabe desde cedo e “achei” a Ana Carolina Frinche, a segunda mãe empreendedora da festa. Ela propôs um almoço contendo trio de pastas (homus, babaganoush e a maravilhosa coalhada feita com leite de amêndoas), pão sírio, saladas (tabule e fatuche) e pratos quentes (arroz com lentilha, quibe de carne assado, quibe de abóbora, kafta e charutinhos de repolho e de folha de uva). Valeu a pena demais!

 

A minha mãe, como quase tradição, fez esfihas de carne e, dessa vez, com recheio de ricota. E eu fiz os doces! Sem leite, foram: gelatina colorida, bolinho de chocolate, bolinho de cenoura e maçã e docinho de damasco. Exceto o bolo de chocolate, os demais também sem açúcar. Com leite, fiz o malabie, um doce árabe (já tinha testado uma versão sem leite e tinha dado certo), doce de iogurte com morangos e os docinhos (brigadeiro tradicional e de pistache e beijinho de coco).

O bolo, que busquei muito entre amigos alguém que fizesse algo no estilo que planejava, foi feito pela Roberta Gomes Garcia. Ela fez um bolo nas cores de arco-íris, que foi de massa branca recheada de mousses de chocolate meio-amargo e branco e cobertura de marshmallow! Foi sucesso à parte!

Para beber, sucos naturais de laranja, tangerina e uva, além de água de coco.

Este slideshow necessita de JavaScript.


Brinquedos e Brincadeiras:
Se não trouxesse pula-pula e a piscina de bolinhas, não seria uma festa para a Manu! Ela ama esses brinquedos, que foram alugados da CJ Aluguel de Brinquedos, também de uma materna.

Além disso, montamos uma pescaria e aproveitamos alguns brinquedos da Manu, como casinha de papelão, bicicleta, bsmbolê…

No meio da festa, fizemos tatuagens e distribuímos bombinhas.

Para finalizar, sob pedido da aniversariante (a princípio, não havia planejado), trouxemos o Shauan Bencks para fazer um show para a criançada. Com o seu parceiro, Rodrigo Pança, cantaram cantigas de roda, além de músicas da Palavra Cantada e do Tiquequê.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Parabéns, Manu! E parabéns para todas essas mulheres empreendedoras!

 

Anúncios


Categorias:Experiências e Vivências

Tags:, , , , , , ,

Comente esse post! Vamos gostar de ler sua opinião!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: