Os primeiros dias de baby led weaning

 

Começar a introdução alimentar nos cria diversas expectativas. É um momento importante, que marca o fim do aleitamento exclusivo, e com muita ansiedade. Será que o meu bebê vai comer?

Quando optamos pelo BLW, a insegurança pode ser ainda maior. Apesar da técnica ser mais simples, intuitiva e natural, a falta de profissionais que apoiem e orientem os pais, além da desconfiança das pessoas ao redor, podem deixar as famílias apreensivas.

Então, trago nesse post informações bem práticas para quem vai começar o BLW.


Por qual refeição começar?

Normalmente, as pessoas optam por começar pelo lanche da manhã, oferecendo uma fruta. Pode ser mais fácil porque geralmente é um horário em que o bebê está mais tranquilo e ativo. Além disso, a fruta, por ser adocicada, tende a ser bem recebida pelo bebê.

Mas, essa não precisa ser a regra. Talvez o seu bebê não seja um grande apreciador de frutas. E você não precisa ter rigidez de horários. Nada impede que se ofereça um pedaço de mandioquinha ou de brócolis no meio da manhã. Ao mesmo tempo, é possível que dê a fruta enquanto você almoça.

O importante é que, antes de chegar ao 7o mês, tenhamos a rotina de oferecer alimentos ao bebê, pelo menos, três vezes ao dia: duas refeições de frutas e mais uma sendo o almoço ou o jantar.

Por qual alimento começo?

Já expliquei acima a tendência de começarmos pelas frutas. Outros alimentos também são adocicados, como cenoura, abóbora, beterraba, batata doce e mandioquinha.

Mas, pense nos alimentos que você, a mãe, gosta e costuma comer. Pense na sua alimentação durante a gravidez e no puerpério. Eram desses alimentos que o bebê se nutria antes de nascer ou por meio do leite materno (o nosso leite apresenta alterações no seu sabor de acordo com os alimentos que ingerimos). Ele poderá gostar daquilo que você gosta e come tanto (desde que sejam alimentos naturais e feitos de uma forma simples).

Também observe o interesse do bebê. Se, em uma determinada refeição, você está comendo tomate e ele sinaliza interesse, dê um pedaço a ele. Essa é uma ótima forma de decidir o que ele vai comer, pois, na verdade foi ele quem decidiu! E essa é a essência do BLW: é o bebê quem guia sua alimentação. Se eu escolho, meticulosamente, qual alimento estará em seu prato, sem ter flexibilidade, não estou fazendo BLW de verdade.

Mas, nas primeiras semanas, evite oferecer muitos alimentos diferentes ao mesmo tempo. Você está conhecendo como o organismo do seu bebê funciona em contato com outros alimentos, além do leite. Eventualmente, um deles poderá dar assadura ou causar alergia na pele ou prender o intestino. Assim, será mais fácil identificar o responsável pela reação.

De qualquer forma, é importante saber que alimentos dos diferentes grupos (cereais, tubérculos/raízes, legumes/verduras, frutas, feijões, carnes/ovos) precisam ser oferecidos no primeiro mês de introdução dos alimentos, mesmo que o bebê não os aceite no momento. Inclusive, ovo, peixe e farinhas (alimentos que causam medo em alguns profissionais) podem ser oferecidos sob a justificativa de reduzir o risco de alergias.

Quais alimentos a serem evitados?

Qualquer alimento que contenha aditivos (conservante, corante, aromatizante, espessastes…) ou componentes que não são comida de verdade (lecitina de soja, frutose, glucose) não devem fazer parte da alimentação do bebê.

Também não devemos oferecer alimentos contendo açúcar (refinado, mascavo, demerara, açúcar de coco) ou ingredientes ricos em sacarose (mel, melado, caldo de cana).

Frutos do mar e oleaginosas também não são recomendadas aos menores de 12 meses, devido ao risco de alergia.

Devemos evitar alimentos preparados com sal ou naturalmente salgados, para evitar uma sobrecarga nos rins do bebê, e com excesso de gordura, como as frituras.

Como cortar os alimentos para oferecer no início do BLW?

Preste atenção nos objetos que seu filho consegue segurar. De que tamanho e formato eles são? Em geral, um bebê em torno do 6o mês, segura bem os objetos (esse é um dos princípios para que o BLW ocorra), mas não consegue pegar itens muito pequenos (eles não fazem ainda o movimento de pinça com os dedos).

Então, corte os alimentos em tamanhos mais práticos: com a espessura do punho deles ou um palito mais grosso. Isso também garante que os alimentos não se partam com muita facilidade. Para alimentos como arroz, você pode cozinhar e fazer bolinhos, como o de sushi. Nesse bolinho, você pode incorporar grãos de feijão, por exemplo, que é outro alimento pequenino e difícil de ser pego sozinho.

Aguarde! Em breve, publicaremos fotos para ilustrar esses cortes!

Mais alguns conselhos!

  • BLW bem feito é BLW com segurança. Então, SEMPRE esteja ao lado do seu filho no momento em que estiver com algum alimento na mão. O risco de engasgos é pequeno, mas é importante estar atento.
  • Tenha um ambiente tranquilo. Apesar de ser um acontecimento importante o bebê começar a comer, muita gente em volta com câmeras e insistências deixam o bebê excitado e irritado. Tende a não funcionar.
  • Ainda acredito que a melhor forma de se começar é deixando o bebê à mesa no momento da refeição da família e ELE decide comer. E não você!

Quer saber mais sobre BLW?

Já temos data para o novo curso teórico-prático para as famílias e cuidadores. Acesse aqui para obter todas informações! Quem tiver interesse e já quiser garantir sua vaga, escreva para contato@maternidadesemneura.com.br.

Anúncios


Categorias:Falando um Pouco Sobre...

Tags:, , , ,

3 respostas

Trackbacks

  1. 13/08 – Curso sobre Baby Led Weaning (BLW) “A introdução de alimentos guiada pelo bebê: da teoria à prática”
  2. Veja como foi o curso teórico-prático sobre BLW do Maternidade Sem Neura
  3. Entenda o que é o BLISS – A Introdução de Sólidos Guiada pelo Bebê

Comente esse post! Vamos gostar de ler sua opinião!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: