Entenda o BLW na prática

Tenho notado que as pessoas confundem muito o que é BLW (baby led weaning). Vejo comentários como “dei os legumes em BLW e o arroz amassado” ou “faço o lanche em BLW e no almoço dou papinha”. Isso me dá a impressão de que se entende que o BLW é dar alimentos aos pedaços e sem colher.

Já trouxe um texto sobre BLW aqui no Maternidade Sem Neura e, nesse post, vamos retomar alguns pontos básicos de forma prática. BLW, em geral, envolve sim alimentos aos pedaços e sem colher. Mas você sabe por qual motivo? Porque BLW significa a introdução alimentar guiada pelo bebê. Assim, um bebê com menos de um ano dificilmente manuseará uma colher com destreza. Por outro lado, ele já é capaz de pegar alimentos e levá-los à boca sem que o adulto precise processá-lo para ter uma alimentação totalmente adaptada.

Uma das características do BLW é inserir o bebê no contexto de alimentação da família, ou seja, não é BLW o bebê comer beterraba e batata sem sal e cozidos no vapor enquanto seus pais comem uma macarronada.

Sei que isso pode parecer obscuro para muitas famílias porque carregamos a ideia de que a introdução de alimentos deve ser feita por meio da oferta de um alimento a cada vez ao bebê. Esse cuidado é importante em especial aos bebês com um potencial a desenvolver alergias. Os demais não precisariam de tanta cautela ainda mais porque, pensando na forma de um bebê agir em relação aos alimentos, nas suas primeiras experiências dificilmente ele vai comer siversos alimentos de uma só vez.

Porém, acredito que, no período de introdução de alimentos, a família precisa adaptar-se ao bebê. Assim, é importante cozinhar com pouco ou nenhum sal, ter alimentos que são pouco processados e que possam ser preparados de forma que permita que o bebê os pegue com mais facilidade e segurança (isso é fundamental). Um exemplo? Em vez de preparar um arroz soltinho, melhor fazer mais empapado ou o japonês. Em vez de fazer um espaguete, melhor um macarrão tipo parafuso.

Aqui embaixo está o Noah, um garotinho que acabou de fazer 6 meses. Sabe como ele começou a introdução de alimentos? Um dia, a mãe dele deixou uma fruta perto dele sem querer e, quando ela se deu conta, ele estava devorando uma goiaba. E ficou bravo quando ela tentou tirar da mão dele, já que ela não tinha planejado iniciar a introdução de alimentos naquele momento. Mas o Noah tinha planos diferentes!

Então, a partir do momento em que o bebê conseguir se sentar, leve-o à mesa com você e, a partir do sexto mês, deixe interagir com a refeição que estiver sendo servida.

Nesse vídeo, o Noah está mostrando sua habilidade com o brócolis. Ele já mostra grande interesse por levar os alimentos à boca, mas é normal e comum que o bebê manipule a comida e não leve à boca. Ou leve à boca mas não engula. Então, é importante que a família controle sua ansiedade e curta esse momento de introdução de alimentos!

Anúncios


Categorias:Falando um Pouco Sobre...

Tags:, , ,

15 respostas

Trackbacks

  1. 13/08 – Curso sobre Baby Led Weaning (BLW) “A introdução de alimentos guiada pelo bebê: da teoria à prática”
  2. Saiba como foi o II Encontro para a Promoção, Proteção e Apoio à Amamentação
  3. De 19 a 25 de setembro, cuidados com a saúde e beleza gratuitamente ou a preços promocionais na Semana da beleza, bem-estar e saúde
  4. No dia 10 de novembro, terá o último curso do ano sobre BLW
  5. Curso Intensivo de BLW do Maternidade Sem Neura em São Paulo – 04 de fevereiro
  6. Curso Intensivo e Teórico-prático sobre Introdução de Alimentos no dia 4 de março
  7. Em 8 de abril, acontecerá mais um Curso Intensivo sobre BLW em São Paulo
  8. Tortilla espanhola para bebês
  9. Curso Intensivo sobre BLW em junho! Faça sua inscrição e garanta sua vaga!
  10. Inscrições abertas para o Curso Intensivo sobre BLW de julho!
  11. Introdução alimentar: quanto o bebê precisa comer?
  12. Mais um Curso de BLW para famílias em julho
  13. Como começar a introdução de alimentos pelo BLW? Esse será um tema discutido na SMAM 2017!
  14. O que fazer se meu filho não come durante a introdução de alimentos
  15. O que fazer se meu filho não come durante a introdução de alimentos – Maternidade Sem Neura

Comente esse post! Vamos gostar de ler sua opinião!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: